31/07/2013

Como entrevistar um músico

 Na aula de hoje, veremos como entrevistar e fazer questões pertinentes ao músico, ao grupo musical ou a banda. Nessa lição, usaremos especificamente apenas os estilos musicais com 3 ou 4 membros, como rock e pop, deixando de lado grupos musicais com mais de 6 membros, como o caso de grupos de pagode e o Arcade Fire (ia usar o Slipknot como alvo de piada, mas a banda não merece ser motivo de chacota. Ela é ruim demais até mesmo pra ser zuada).

 Primeiramente temos que ter em mente que o líder da banda responderá todas as perguntas, até mesmo quando está chapado ou sem voz. O baixista nunca responderá suas perguntas, mesmo se as questões referirem-se a ele. Ninguém liga pra opinião e existência dele, exceto quando ele é bem melhor do que qualquer um dos membros e o som de seu baixo tem destaque nas gravações, o que é raro. Nesse caso, até mesmo o baterista e/ou percussor serão mais bem vistos do que o baixista. Afinal, o baterista não é um guitarrista frustrado que fica só acompanhando a base da música com seu baixo. O baterista tem carisma e deslocadeza, principalmente se ele usa óculos escuros e boné com a aba pra trás, né Mike Portnoy?

 Em segundo lugar, usaremos palavras-chaves e perguntas-padrão, principalmente quando odiamos a banda ou não fazemos a mínima ideia de onde e quando ela veio, quem são aqueles caras e que tipo de música eles tocam. Se os artistas forem de terras estranheiras, um inglês escroto e recheado de sotaque também é essencial, especialmente se você for da MTV.

Tipo de banda da qual você não faz a mínima ideia que merda eles tocam e ainda sim os odeia
 Tipos de perguntas-padrão:
 - O que você espera para essa tour/álbum/show? Quais são suas expectativas?
 Perguntas prontas sempre são seguidas de respostas prontas. As respostas serão soarão mais ou menos do tipo "ahhh eu espero o melhor né, que tudo ocorra bem, que eu me divirta bastante, que o público goste, mas eu quero mesmo é ganhar o dinheiro pra poder pagar meu empresário que me conseguiu botar aqui onde eu to hoje".

 - Onde surgiu seu amor por música?
 É uma pergunta bastante pertinente. Afinal, que outra maneira haveria de se apaixonar por música há não ser escutando música? Cultivando alcachofras? Criando esquilos com memórias artificias implantadas por cientistas malignos? No entanto, não é seu trabalho fazer perguntas inteligentes. Você é um repórter, não um crítico.

 - Qual será sua próxima parceria na música?
 Dirigida especialmente a músicos pop ou rappers. As respostas mais comuns serão: Lil Wayne, Justin Bieber, Ozzy Osbourne, Mr. Catra e Paula Fernandes.

 - Por que você demorou pra vir ao Brasil?
 Essa é essencial, afinal você tem que cobrar isso do entrevistado, mesmo que você não dê a mínima se ele se apresente no seu bairro ou em Andrômeda. Também não importa se o entrevistado fez 15 shows no Brasil inteiro há 4 meses atrás, e ainda de quebra lançou um DVD ao vivo com uma das apresentações aqui, com o título "ALive in San Paulo" ou alguma merda assim. Para emendar a questão, pergunta ao entrevistado o que você acha do país, e aposte com alguém que ele mencionará as palavras "praia", "caipirinha", "mulheres" e "o público brasileiro é o melhor do mundo".

 - Como está sendo a recepção do seu novo álbum?
 "Ótima". A resposta sempre será ótima. "Os fãs estão adorando e as críticas estão sendo favoráveis". Como se isso importasse. Enquanto, o empresário que o produziu está esperando seu cheque de pagamento.

 - Como é o processo de composição de vocês?
 Você de verdade não quer saber a resposta, e nem ao menos fazer essa pergunta. A verdade é que é muito simples: eles pegam os instrumentos e inventam uma sucessão de notas a serem tocados em um ritmo em particular, enquanto o vocalista canta qualquer merda pra ser editado no Auto-Tune depois.

 - Mande uma mensagem para seus fãs do Brasil!
 Isso não é uma pergunta, mas é de longe a mais padrão finalização de entrevista musical utilizada.

 Palavras-chaves:
 Expectativas, tour, álbum, inspiração, DVD ao vivo, Brasil, processo de composição, drogas, relacionamento com ex-membros, expectativas, álbum, processo de composição, o que você acha do Brasil, drogas, relacionamento com membros de bandas antigas, inspiração, cena musical, álbum, expectativas, mande uma mensagem pros seus fãs brasileiros.

 Diferente dos baixistas, você poderá conseguir grande destaque seguindo essa base, se tornando um grande entrevistador (já que grandes instrumentistas não seguem a base).

 Atividade em grupo:
 Junte mais um colega e faça um dupla, onde os dois escreverão perguntas um para o outro, como se vocês fossem músicos se entrevistando. Use as folhas em branco para realizar essa atividade.