05/05/2012

Regras úteis para todo metaleiro



 Não precisa necessariamente ter cabelo comprido, só precisa ter preguiça de cortá-los. E não precisa ter muitas espinhas no rosto, só precisa ter preguiça de cuidar da pele. Você não precisa ser sujo, só precisa ter preguiça de tomar banho às vezes. E não precisa aprender a tocar nenhum instrumento, só precisa saber bater cabeça adequadamente enquanto toca guitarra ou bateria invisível. E tampouco precisa não acreditar em Deus ou venerar ao Capiroto, só precisa ter certa simpatia com o Baphomet.

 Ao ter que fazer uma pose, seja para tirar uma foto ou gravar um vídeo, sempre faça o Devil's Horn. Sempre. E não se considere metaleiro ou headbanger sem saber o que é isso. Fazer uma expressão de mal é opcional, fica a seu critério. E sempre que possível, saia na foto com uma guitarra, baqueta ou palheta.

 Tenha camisetas do Iron Maiden, Metallica, os álbums Master of Puppets e Powerslave originais e o DVD do Iron Maiden no Rock In Rio em 2001. Está proibido usar maquiagem de Black Metal, a menos que você more na Noruega e sua banda preferida seja Gorgoroth. No máximo munhequeiras e tatue chamas e/ou caveiras no seu braço. Correntes e braceletes saíram de moda em 1994, e não te fazem mais legal, portanto não use-os.

 Está proibido achar que Iron Maiden é a melhor banda do mundo depois dos 18 anos, gostar de Guns 'N' Roses depois dos 16, ter uma camisa do Slipknot depois dos 14 e um poster do Nirvana depois dos 12. Está proibido gostar do álbum St. Anger do Metallica, do álbum Risk do Megadeth e a banda preferida do Big Four ser o Anthrax. Está proibido nunca ter jogado Guitar Hero e gostar de metal nacional que cante em Português - com exceção dos primeiros álbuns do Korzus.

 Saiba o significado do nome Heavy Metal, a origem do Devil's Horn (ou Metal Sign), que o certo é THRASH Metal, a diferença entre Death e Black Metal, que Power Metal é gay, e tenha consciência de que você tem vergonha por um dia ter achado Steve Harris o maior e melhor compositor e baixista do mundo. Tenha consciência de que a voz do Dave Mustaine hoje ao vivo está horrível, que Slayer é uma espécie de black metal universitário e que você nunca conseguirá chegar ao nível de Dimebag Darrel ou Zakk Wylde.

 É obrigação de todo metaleiro colocar uma música em volume ensurdecedor quando está sendo incomodado com músicas de funk - não importa a situação, local e nem hora; colocar Kill 'Em All no máximo no rádio enquanto você faz a faxina nas dependências do lar - há menos que você seja porco e não limpe sua casa, o que não te impede de escutar o CD mesmo assim; ligar a música logo de manhã para vingar-se do vizinho que ficou até cinco horas da manhã tocando funk durante a festa; e revoltar-se quando a mídia chama o Metal de "rock pauleira". É também obrigação de todo metaleiro não gostar de metalcore, nu-metal e essas merdas que surgiram até o final dos anos 90.

 Seguindo essas básicas e objetivas dicas, é decerto que serás um metaleiro autêntico, feliz e satisfeito.